Erick Jay é “A Cara de São Paulo”

Erick Jay no Jornal da Gazeta

Nesta sexta-feira (2) o Jornal da Gazeta apresentou o quadro “A Cara de São Paulo” com o DJ Erick Jay. Nascido e criado na zona leste de São Paulo, Erick Garcia é filho de DJ de equipe de bairro e por isso cresceu em um ambiente bastante musical, ouvindo e bisbilhotando os vinis de Marvin Gaye, James Brown, Michael Jackson, Tim Maia, entre outros.

Na adolescência, Erick queria ser b-boy, um dos elementos da cultura Hip Hop, por influência de seu irmão mais velho, Emerson Luiz Garcia, 46. Frequentou a São Bento, onde os eventos do movimento eram realizados na capital paulista.

E, foi em um desses eventos, se encantou com a arte dos toca-discos. “Eu ficava impressionado de como uma pessoa conseguia conduzir diversas pessoas por meio da música”, relembra.

Deixou a dança de lado e começou a se dedicar a outro elemento da cultura Hip Hop, o disc jockey, popularmente conhecido como DJ. O início não foi fácil: longe da era da internet, o acesso à informação era difícil; os equipamentos eram (e ainda são) caros e, ainda, precisava dividir seu tempo entre o trabalho de office boy no centro de São Paulo e a rotina de treinos.

Mesmo com as dificuldades, Erick não desistiu. “Algumas vezes, eu tocava a noite inteira e ia direto para o trabalho”, conta.  Com poucos lugares para se apresentar, Erick tocou em festas de aniversários e casamentos. “Era um desastre, o pessoal bebia demais e ficava pedindo músicas; às vezes, pediam uma música que eu tinha acabado de tocar”, recorda sorrindo.

Persistente e dedicado, Erick continuou treinando com outros DJs do bairro. Em 2002, participou do primeiro campeonato, realizado pelo KL Jay (Racionais MC’s) e pelo rapper Xis. Erick não ganhou, mas a experiência de competir e conhecer outros profissionais da música ampliou sua visão profissional.

Os treinos, a garra e talento foram recompensados em 2006, quando venceu o primeiro campeonato da carreira, Hip Hop DJ. A partir daí, Erick não parou mais: foi cinco vezes campeão nacional; três vezes campeão sul-americano e, em 2016, chegou no topo, conquistando dois dos mais importantes competições do mundo.

Os campeonatos deram condição para que Erick Jay se dedicasse exclusivamente à profissão. “Há 10 anos, conseguiu realizar este sono”, comemora.

Veja a matéria aqui:

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Menu Title